Seleção Brasileira fará protesto, mas decide disputar a Copa América

Redação PI24h Redação PI24h

Os jogadores da Seleção Brasileira decidiram disputar a Copa América que começa no próximo domingo, dia 13. O Brasil encara a Venezuela na estreia no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

A decisão vem acompanhada de um manifesto com críticas a realização do evento em meio a pandemia da Covid-19. O documento será divulgado após a partida contra o Paraguai nesta terça-feira, dia 08, às 21h30, pelas Eliminatórias.

A lista completa dos convocados será divulgada na próxima quarta-feira, dia 08. O técnico Tite deve manter boa parte do elenco que disputa as Eliminatórias podendo adicionar mais três jogados à Seleção.

A Copa América estava prevista para acontecer na Argentina e Colômbia, mas os países desistiram da competição diante do avanço da Covid-19. Os atletas brasileiros ensaiaram um boicote diante da insistência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em realizar o evento no País.

No entanto, o afastamento de Rogério Caboclo do cargo de presidente da CBF após denúncias de assédio sexual e moral fez com que os atletas recuassem. Eles estavam incomodados pela forma como o mandatário tratou a questão – ele esteve na Granja Comary um dia antes do anúncio da sede da competição no Brasil e não falou do tema com os jogadores da Seleção.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias