Rafael define saúde como prioridade para bancada em Brasília

Governador definiu a saúde como prioridade em investimentos das emendas para 2024
Hérlon Moraes Hérlon Moraes

Em encontro com a bancada federal em Brasília, o governador Rafael Fonteles (PT) definiu a saúde como prioridade em investimentos das emendas de bancada para o ano de 2024. O chefe do Executivo quer o aporte de recursos empenhado na rede hospitalar estadual. Rafael destacou que em seu primeiro ano de mandato, a Segurança recebeu a maior demanda de recursos, tanto oriundos do Tesouro Estadual, como de operações de crédito.

Ajustes

O deputado federal Merlong Solano foi o primeiro a atender ao chamado do governador e garantir ajustes em suas emendas para o setor de saúde. “Não terei qualquer dificuldade em ajustar minhas emendas a essas prioridades”, afirmou Merlong.

Merlong Solano
Deputado federal Merlong Solano. Foto: Divulgação

Afinada

A bancada mostrou estar afinada para atender as demandas do governo estadual. Embora não tenha entrado em detalhes sobre a reunião em Brasília, o deputado Júlio Arcoverde, do Progressistas, postou fotos nas redes sociais com o governador e os colegas deputados. Na legenda, a frase: “juntos pelo Piauí”.

Júlio Arcoverde
Deputado Júlio Arcoverde. Foto: Divulgação

Dedicado

Outro deputado da oposição foi mais além e definiu Rafael Fonteles como um governador dedicado. Átila Filho, também do Progressistas, falou em alinhamento em prol do estado e comprometimento pelo desenvolvimento e bem estar da população.

Átila Filho
Deputado Átila Filho. Foto: Renato Araujo / Câmara

Não gostou

Como era de se esperar, o senador Ciro Nogueira criticou o relatório da CPMI do 8 de Janeiro. O presidente nacional do Progressistas disse que “o relatório da CPMI é a síntese do governo até aqui: fez de conta que fez alguma coisa, se mexeu para todo lado, mas não chegou a lugar nenhum, não fez nada. E, como o governo, pelo mesmo motivo: não consegue ver a realidade. Foi prisioneiro de ideias fixas”.

Ciro Nogueira
Senador Ciro Nogueira. Foto: Pedro França / Agência Senado
Compartilhar

Mais Colunas

Últimas Notícias

Mais Lidas