PF prende suspeito de fraudes previdenciárias no Piauí

Policiais federais cumprem 14 mandados expedidos pela justiça do Piauí
Redação PI24h Redação PI24h

A Polícia Federal, em ação conjunta com o Ministério Público Federal, deflagrou nesta quarta-feira, dia 26, a Operação Grima II, com o objetivo de desarticular grupo criminoso que fraudava guias de recolhimentos da Previdência.


Policiais federais cumprem 14 mandados judiciais, sendo um de prisão preventiva e 13 de busca e apreensão nas cidades de Teresina, Fortaleza/CE, Timon/MA, São Luís/MA e Goiânia/GO. Todos os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Piauí.

A ação é desdobramento da Operação Grima, deflagrada em dezembro de 2023, para apurar corrupção por meio de celebração de contratos de assessoria jurídica com municípios, com o suposto objetivo de prestar serviços de levantamento de créditos previdenciários passíveis de compensação para fraude nas guias de recolhimento do FGTS e de informações à Previdência Social – GFIP.

Os suspeitos poderão responder pelos crimes de contratações direcionadas, desvio de recursos públicos, crime contra a ordem tributária, corrupções passiva e ativa, lavagem de dinheiro, além do crime de pertencimento a organização criminosa.

Policiais federais cumprem mandados na Operação Grima II. Foto: Divulgação
Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias