Preso 2º acusado de deixar vendedora paraplégica em Teresina

Homem foi indiciado pela tentativa de latrocínio de uma vendedora em Teresina
Redação PI24h Redação PI24h
  • Vendedora ficou paraplégica após ser baleada em um assalto em frente a um hospital em Teresina
  • O acusado estava usando um nome falso para tentar ocultar o crime, mas foi preso em Teresina
  • Outro acusado tinha sido preço em março deste ano durante operação policial em Timon

A Polícia Civil do Piauí cumpriu nesta terça-feira, dia 30, mandado de prisão preventiva contra um indivíduo identificado como Marcos Victor Bezerra da Silva, vulgo “Marquinho”, indiciado pela tentativa de latrocínio de uma vendedora em Teresina. O acusado estava usando um nome falso para tentar ocultar o crime. A prisão foi cumprida dentro do sistema prisional do Piauí.

“Ele encontrava-se detido no sistema prisional do Piauí, utilizando-se de um nome falso com objetivo de ocultar os inúmeros crimes pelo qual já respondia e furtar-se à responsabilização pelo presente caso. No entanto, a equipe do Dhpp acabou por descobrir tal manobra utilizada pelo indiciado, desvelando então sua verdadeira identidade e dando cumprimento ao mandado judicial”, informou o delegado Jorge do Terceiro.

O crime ocorreu na madrugada do dia 23 de dezembro de 2023. Na ocasião, dois criminosos atiraram contra a vítima e um projétil ficou alojado na coluna da vendedora, causando paraplegia, e a dupla fugiu levando o veículo da mulher. A vendedora, de 37 anos, ficou paraplégica após o assalto em frente a um hospital particular no centro-sul de Teresina.

Conforme as investigações, os criminosos se aproximaram da vítima quando ela aguardava dentro do veículo. Momento em que o suspeito preso no mês de março em Timon disparou várias vezes contra a vendedora e depois, junto com o comparsa arrancaram a vítima de dentro do carro e a arrastaram até a calçada.

A vítima só não veio a óbito no local graças à intervenção dos funcionários do hospital, que imediatamente saíram em seu socorro. O veículo foi localizado posteriormente abandonado no Maranhão. A prisão foi realizada pela Delegacia de Investigação de Desaparecimento de Pessoas (Desap), vinculada ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (Dhpp).

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias