Importunação

Caso Itallo Bruno: Delação e 10 pessoas indiciadas em Teresina

Itallo Bruno firmou acordo de delação premiada e foi solto pela Polícia Civil
Redação PI24h Redação PI24h
  • Ao todo, 10 pessoas foram indiciadas por diversos crimes em Teresina
  • Delegado descartou que influencer faça parte da facção Bonde dos 40
  • Humberto Mácola disse que houve transação isolada com membro do Bonde dos 40

O influencer Itallo Bruno firmou acordo de delação premiada e 10 pessoas foram indiciadas por exploração de jogos de azar e lavagem de dinheiro em Teresina. A Polícia Civil apresentou o resultado da investigação em coletiva de imprensa nesta terça-feira, dia 23.

O delegado Humberto Mácola descartou vínculo do influencer com a facção criminosa Bonde dos 40. Ele afirmou que foram feitas transações pontuais com pessoas que integram a facção, mas que isso não indica que Itallo Bruno faça parte do grupo criminoso com atuação no Piauí.

“Os ilícitos de jogos de azar, lavagem de dinheiro e organização criminosa, com o reconhecimento por parte do investigado de lavagem de dinheiro, existiram. O que nós comprovamos foi a ausência de participação em facção criminosa. É verdadeira a empresa ilícita, irregular, mas o vínculo tanto do principal investigado, quanto da sua família, não existe. O que existiu foi uma transação pontual de um membro, mas relativo a compra e venda de veiculo”, explicou o delegado Humberto Mácola.

Solto

O influencer Ítallo Bruno Nunes e Silva foi solto nesta segunda-feira, dia 22, por decisão da Justiça. Ele tinha sido preso durante a Operação Jogo Sujo, deflagrada pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (Drci), da Polícia Civil do Piauí. Ítallo Bruno estava preso desde o dia 11 de janeiro de 2023. A mãe, o pai e a irmã do influencer também foram soltos pela Justiça.

Ítallo Bruno
Ítallo Bruno se ajoelha ao sair da cadeia em Teresina. Foto: Divulgação

Prisão

O influencer Itallo Bruno foi preso no dia 11 de janeiro, durante a Operação Jogo Sujo, deflagrada pela Polícia Civil, que investiga crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa e jogos de azar no Piauí. Itallo Bruno é suspeito de obter vantagem ilegal por meio de jogos de azar e ocultação de patrimônio que teriam sido adquiridos pela prática criminosa no Piauí.

Itallo Bruno
Itallo Bruno. Foto: Divulgação

Lavagem

O influencer Itallo Bruno Nunes da Silva é suspeito de envolvimento em um esquema de lavagem de dinheiro através de rifas nas suas redes sociais – em cerca de um ano ele teria lavado em torno de R$ 4 milhões de uma facção criminosa em Teresina.

Segundo a Polícia Civil, o influencer tem ligação com a facção criminosa Bonde dos 40. “O principal alvo da operação é o Itallo Bruno, que mantinha movimentação bancária com uma pessoa que está no sistema prisional e é integrante da facção criminosa. Tudo leva a crer que o Itallo esquentava o dinheiro da facção”, disse o delegado Matheus Zanatta.

Itallo Bruno dando “grau” na praia; com carro Porsche. Foto: Divulgação

Fantástico

O Fantástico, da Globo, mostrou o caso Itallo Bruno, influencer preso em Teresina. A reportagem revelou que o jovem comprou uma casa com R$ 400 mil em dinheiro vivo e dois Pix de R$ 300 mil.

Os investigadores dizem que, apenas nos últimos seis meses, ele movimentou R$ 5 milhões, gastos principalmente com luxo e ostentação em Teresina.

Itallo Bruno
Itallo Bruno em matéria no Fantástico. Foto: Reprodução
Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias