Importunação

Justiça manda desativar perfil de Itallo Bruno no Instagram

Central de Inquéritos de Teresina mandou desativar perfil do influencer Itallo Bruno
Redação PI24h Redação PI24h
  • Itallo Bruno tinha 735 mil seguidores na rede social Instagram
  • Influencer usou Instagram para realização de rifas ilegais no Piauí
  • "Conta ficará suspensa até o final das investigações”, disse delegado Mácola

A Central de Inquéritos de Teresina, a pedido da Delegacia de Repressão e Combate aos Crimes de Informática (DRCI), determinou a desativação da rede social (Instagram), do influenciador Itallo Bruno Nunes e Silva, na manhã desta terça-feira, dia 16. Itallo possuía 735 mil seguidores no Instagram.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, o influenciador utilizava o Instagram para realização de rifas ilegais, além da suspeita de lavagem de dinheiro e a participação em organização criminosa – inclusive possível relação com a facção criminosa Bonde dos 40.

“A decisão foi fundamentada na política da rede social que é contra a divulgação de jogos ilegais. A conta ficará suspensa até o final das investigações”, explicou o delegado Humberto Macola.

Durante a operação, no último dia 11 de janeiro, a polícia realizou a prisão de Itallo Bruno e mais 10 pessoas, além da apreensão de 21 veículos, entre carros e motos. Veículos de luxo como um carro Porsche, Audi e motocicletas BMW foram apreendidos na ação da Polícia Civil.

Itallo Bruno dando “grau” na praia; com carro Porsche. Foto: Divulgação

A operação policial foi realizada por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) em conjunto com a Superintendência de Operações Integradas da Secretaria de Segurança (SOI).

  • Fotos: Veículos apreendidos com influencer em Teresina

Fantástico

O Fantástico, da Rede Globo, exibiu na noite do último domingo, dia 14, matéria com detalhes da operação que prendeu Itallo Bruno. Os investigadores dizem que, apenas nos últimos seis meses, ele movimentou R$ 5 milhões, gastos principalmente com luxo e ostentação.

A casa no condomínio de luxo, comprada há três meses, custou R$ 1 milhão. A polícia diz que Itallo pagou R$ 400 mil em dinheiro vivo e fez dois PIX de R$ 300 mil. “Em quase um ano, conseguiu levantar esse patrimônio apenas com rifas de lote de R$ 0,20. Isso é muito estranho”, diz o delegado Humberto Mácola.

  • Vídeo: Fantástico mostra caso Itallo Bruno, influencer preso em Teresina
Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias