Importunação

Samynha foi morta pelo Bonde dos 40 e era faccionada do PCC

Delegada Nathália Figueiredo fala sobre investigação do caso Samynha Silva
Redação PI24h Redação PI24h

A delegada Nathália Figueiredo, titular do Núcleo de Feminicídio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (Dhpp), da Polícia Civil, afirmou que a influencer Samynha Silva foi morta por integrantes da facção criminosa Bonde dos 40. Ela era integrante de uma organização criminosa rival, o Primeiro Comando da Capital (PCC).

“A vítima teria sido atraída ao Clube Eldorado. Inclusive, as pessoas envolvidas nisso estão presas. São faccionados do Bonde dos 40, são pessoas que se utilizaram de extrema violência. Através da investigação a gente constatou o envolvimento da vítima na facção criminosa PCC. Questão também de tráfico de drogas. A gente tem elementos. Quando foi realizada uma busca na residência da vítima foi encontrado uma prensa”, disse a delegada Nathália Figueiredo.

De acordo com as investigações, Samynha foi atraída para o Clube Eldorado por Vitória e Francilda. Elas foram presas e são companheiras dos executores do crime em Teresina. “Sim [elas sentaram à mesa com Samynha]. Inclusive teriam sido as responsáveis por atrais Samynha para o Eldorado. Ao todo foram três homens e duas mulheres. […] Elas não seriam amigas, elas conheciam a Sâmya. Elas são companheiras dos faccionados que estão presos e teriam utilizado dessa facilidade de acesso a vítima no sentido de atraí-la para o clube”, completou a delegada Nathália Figueiredo.

  • Vídeo: Delegada Nathália Figueiredo fala sobre Caso Samynha

Prisões

A Polícia Civil do Piauí prendeu seis indivíduos – quatro homens e duas mulheres – suspeitos de assassinar a influencer Samynha Silva. Ela foi perseguida e morta a tiros no último dia 01 de outubro na avenida João 23, próximo à rotatória do bairro São Cristóvão, na zona leste de Teresina.

Clube

A Polícia Civil apurou que Samynha se encontrou no Clube Eldorado com os responsáveis pela sua morte sem saber que seria assassinada pouco depois em Teresina. Ela se sentou à mesa com Israel, Felipe, Vitória, Francilda e ainda João Gabriel, conhecido como Batata, que tinha se juntado pouco antes aos parceiros de crime no clube em Teresina.

Julgamento

No clube, a influencer foi submetida a um julgamento no Tribunal do Crime via WhatsApp onde Israel, Felipe, João Gabriel, Davdy e Hebertt decidiram executar Samynha. Felipe e Israel entregaram o armamento a Hebertt e Davdy assim que eles chegam ao clube em Teresina.

Suspeito Morto

Um indivíduo identificado apenas como Hebertt, conhecido como Jiboia, apontado como um dos executores do assassinado da influencer Samynha Silva, morreu após ser preso e encaminhado para a sede do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco), em Teresina.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias