Importunação

Cabo vira réu acusado de matar policial civil em Parnaíba

Valério Neto é acusado de homicídio qualificado pelo assassinato de policial em Parnaíba
Redação PI24h Redação PI24h
  • Valério Neto virou réu por homicídio qualificado contra policial Alexsandro
  • Juíza disse que "há nos autos elementos mínimos de convicção acerca da autoria"
  • Na semana passada, juiz concedeu habeas corpus e cabo foi solto em Teresina

A juíza Maria do Perpétuo Socorro Ivani de Vasconcelos, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Parnaíba, aceitou denúncia do Ministério Público do Piauí (MP-PI) e tornou réu o cabo Valério de Sousa Caldas Neto, da Polícia Militar do Piauí.

Valério Neto é acusado de homicídio qualificado pelo assassinado a tiros do policial civil Alexsandro Cavalcante Ferreira. O crime ocorreu no dia 13 de setembro no município de Parnaíba, a 340 km de Teresina.

A magistrada destacou que “há nos autos elementos mínimos de convicção acerca da autoria apontando que […] o denunciado teria efetuado disparos de arma de fogo que causaram a morte de Alexsandro Cavalcante Ferreira”.

Na semana passada, o juiz Dioclécio de Sousa da Silva, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Parnaíba, concedeu habeas corpus ao policial militar por não considerar necessária a manutenção da prisão preventiva de Valério Neto.

Segundo a defesa do policial militar, o acusado sempre contribuiu com a Justiça, aguardou ser conduzido de sua casa para a Central de Flagrantes, e em nenhum momento negou a autoria dos fatos tendo prestado depoimento confessando com detalhes o crime que cometeu em Parnaíba.

Valério Neto foi posto em liberdade devendo comparecer de forma periódica ao juízo nos prazos e condições fixadas, não pode se ausentar da comarca e deve se recolher em casa a partir das 20h. O acusado estava preso no presídio militar de Teresina.

Crime

O policial civil Alexsandro Cavalcante Ferreira foi morto com dois tiros – no rosto e no peito – na madrugada do dia 13 de setembro, no Conjunto Caminhos da Alvorada, no bairro Vicente Correia, no município de Parnaíba.

O corpo do policial foi encontrado na calçada de uma residência. Ele trabalhava como agente na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher. A ocorrência foi atendida por uma guarnição do 27º Batalhão da Polícia Militar.

Local onde corpo de policial foi encontrado; policiais trabalham na ocorrência em Parnaíba. Foto: Reprodução
Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias