Veja nomes: presos dois suspeitos de matar empresário em Timon

Os dois suspeitos foram presos e confessaram participação no crime em Timon
Redação PI24h Redação PI24h
  • Antônio e Francisco Willian foram presos em flagrante pelo homicídio em Timon
  • Os policiais ainda apreenderam um veículo modelo Ford Ka usado no crime no MA
  • Em depoimento, os dois confessaram o crime - eles são de Caxias, também no Maranhão

A Polícia Civil do Maranhão identificou como Antônio Francisco Paulo da Silva e Francisco Willian dos Santos Soares os dois presos suspeitos de matar o empresário Raimundo Mendes de Andrade, 67. O crime aconteceu na última quinta-feira, dia 07, no município de Timon.

Os policiais ainda apreenderam um veículo modelo Ford Ka. Raimundo Mendes foi morto com um tiro na cabeça dentro de casa em Timon.

Os suspeitos foram autuados em flagrante e conduzidos para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (Dhpp). Em depoimento, os dois confessaram o crime – eles são da zona rural de Caxias, também no Maranhão.

Um carro modelo Ford Ka também foi apreendido – o veículo vai passar por perícia na Polícia Civil. As diligências continuam no intuito de identificar e prender outros suspeitos de envolvimento no crime em Timon.

Crime

O empresário Raimundo Mendes de Andrade, 67, foi morto com um tiro na cabeça na manhã de quinta-feira, dia 07, dentro do quarto da casa onde morava em Timon, no Maranhão.

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 6h, no bairro Planalto Formosa. Dois indivíduos teriam chegado em um carro, rendido o vigia da casa e em seguida invadido a residência em Timon.

Raimundo Mendes trabalhava com pedra de fel do bovino. A morte no local foi confirmada por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O corpo foi removido pelo Instituto de Medicina Legal (IML).

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias