Piauí cresce em empregos e segue em 1º lugar no Nordeste

O desempenho representa um crescimento de 1,14% nos empregos formais em um mês no Piauí
Redação PI24h Redação PI24h

O Piauí consolidou-se em 1º lugar na geração de empregos formais da região Nordeste pelo 5º mês consecutivo durante o mês de julho. Com 3.729 novos postos de vínculos formais, o estado segue despontando na abertura de postos de trabalho e, no ranking nacional, ocupa a segunda posição.


O desempenho representa um crescimento de 1,14% no estoque de empregos formais em relação ao mês anterior. Os índices são baseados nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (Novo Caged), referentes ao mês de julho de 2023, que foram divulgados no Relatório Mensal de Emprego Formal, apresentado pela Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), por meio da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais e Planejamento Participativo (CEPRO).

No cenário do mercado formal piauiense, os municípios de Parnaíba (1.084), Teresina (1.068), União (358), Piripiri (332), Ribeiro Gonçalves (255) e Itaueira (87) foram os que mais apresentaram contratações no mês de julho.

“O Piauí tem demonstrado um crescimento contínuo na criação de postos de trabalho nos últimos sete meses e tem se consolidado nas melhores posições no Nordeste e no Brasil”, avaliou Diarlison Costa, diretor de Estudos Econômicos da CEPRO/Seplan. “Isso é resultado de boa estabilidade econômica do estado e políticas de incentivo, o que gera impacto direto na criação de empregos formais”, concluiu.

Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias