Susana Guerra pede exoneração da presidência do Ibge

Agência Brasil Agência Brasil Política
Susana Guerra
Susana Guerra deixa cargo de presidente do Ibge. Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil

A presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Ibge), Susana Cordeiro Guerra, pediu exoneração do cargo. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do instituto na tarde desta sexta-feira, dia 26.

- Publicidade -

Segundo a nota divulgada pelo Ibge, o pedido de exoneração de Susana é motivado por questões pessoais e de família. A economista deve continuar no cargo até que um novo presidente, a ser indicado, tome posse.

Susana Cordeiro Guerra assumiu a presidência do Ibge em fevereiro de 2019. O anúncio foi feito um dia após o corte de quase 90% no Orçamento do Censo.

O orçamento pedido pelo Ibge para realizar o Censo era de R$ 3,4 bilhões, mas o instituto teve que enxugar a pesquisa, e o custo passou para cerca de R$ 2 bilhões. O Orçamento Geral da União (OGU) aprovado, no entanto, destina apenas R$ 71 milhões para a pesquisa – menos de 5% do custo apresentado pelo Ibge.

Compartilhe
Siga:
A Agência Brasil é uma agência de notícias brasileira gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Foi criada durante o governo de Fernando Collor em substituição à extinta Empresa Brasileira de Notícias, que por sua vez era continuidade da Agência Nacional, criada por Getúlio Vargas.