Rafael lança concurso com 110 vagas e salário de R$ 11,5 mil no Piauí

As vagas são para analista previdenciário e analista governamental do Estado
Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

O governador Rafael Fonteles anunciou nesta segunda-feira, dia 03, no Palácio de Karnak, a realização de concurso público com 110 vagas, além de cadastro de reserva, para as Secretarias da Administração (Sead), do Planejamento (Seplan) e para a Fundação Piauí Previdência (PiauíPrev).

Será exigido curso superior para toda as vagas, com salário inicial de R$ 11.549,35. O edital será publicado até o início da noite desta segunda, no Diário Oficial do Estado (DOE) e nos sites da Seplan, Sead e Fundação Carlos Chagas (FCC), esta última a responsável pelos concursos.

“São concursos públicos em áreas que vão engrandecer e melhorar bastante a administração pública do Estado do Piauí: analista previdenciário e analista governamental. Com técnicos especializados, vamos continuar avançando na boa execução das políticas públicas”, afirmou o governador Rafael Fonteles.

São 90 vagas para analista governamental, sendo 45 para a Seplan e 45 para a Sead, e as outras 20 para analista previdenciário da Fundação Piauí Previdência (PiauíPrev). Todos cargos exigem formação em curso superior.

Para analista governamental, serão quatro especialidades: gestão pública, planejamento e orçamento, infraestrutura e tecnologia da informação. Entre as formações atendidas no cargo estão arquitetura e urbanismo, engenheira de agrimensura, elétrica e civil, economia, ciências sociais e antropologia.

O concurso para o cargo de analista governamental terá prova objetiva, estudo de caso, prova de títulos, e um curso de formação, que é eliminatório. Já para o cargo de analista previdenciário, haverá prova objetiva e de títulos.

1ª Fase

A primeira fase dos concursos está agendada para o dia 8 de setembro. As provas objetivas e discursivas serão realizadas em Teresina, durante dois turnos. No período da manhã para os cargos do quadro da Secretaria da Administração e para os cargos da Fundação Piauí Previdência e no período da tarde para os cargos do quadro da Secretaria do Planejamento.

Inscrições

As inscrições ocorrerão a partir do dia 7 de junho e vão até 4 de julho, exclusivamente por meio do site da Fundação Carlos Chagas, com a taxa de inscrição no valor R$ 180. Será permitida a inscrição para mais de um cargo, desde que não coincidam os horários da prova.

Validade

O prazo de validade do concurso será de um ano sendo prorrogável uma vez, por igual período a critério da administração. “A Fundação Carlos Chagas quer entregar toda a lista dos aprovados em abril do ano que vem”, afirmou o secretário do Planejamento, Washington Bonfim.

Share This Article
Compartilhar:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias