Preso suspeito de invadir hospital e atirar em paciente em Teresina

Leonardo da Paz Costa, conhecido como "Leleu", tem mandado de prisão em aberto por roubo em Teresina
Redação PI24h Redação PI24h

O Departamento de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), da Polícia Civil do Piauí, prendeu nesta quinta-feira, dia 03, um faccionado identificado como Leonardo da Paz Costa, suspeito de invadir o Hospital Mariano Castelo Branco, na região da Santa Maria da Codipi, na zona norte de Teresina, e alvejar com sete disparos de arma de fogo o paciente Diego de Sousa Franco, 21. O crime ocorreu na madrugada do dia 26 de julho de 2023.


Leonardo da Paz Costa, conhecido como “Leleu”, tem mandado de prisão em aberto por roubo e é investigado por diversos crimes na região da Santa Maria da Codipi. Ele foi preso no conjuno Leonel Brizola, na zona norte de Teresina.

Pelo menos três indivíduos invadiram o hospital e atacaram o paciente – todos foram identificados e integram a facção criminosa Bonde dos 40. A investigação avança para individualizar a atuação de cada um na tentativa de homicídio no Hospial Mariano Castelo Branco.

Alvo

Diego Franco sobreviveu ao ataque e foi transferido para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), na zona sul de Teresina. Segundo o delegado geral Luccy Keiko, o alvo dos criminosos deu entrada na unidade de saúde após sofrer um tiro no dia 25 de julho de 2023.

Guarda Municipal

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, determinou que a Guarda Civil Municipal reforce a segurança nos hospitais municipais após o ataque na Santa Maria da Codipi. O objetivo é preservar a integridade dos trabalhadores da saúde e dos pacientes atendidos em Teresina.

Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias