PF deflagra operação contra venda de madeira no Piauí e Maranhão

PF apurou que madeira era extraída ilegalmente da terra indígena Araribóia
Redação PI24h Redação PI24h

A Polícia Federal (PF), com o apoio do Instituto Nacional do Meio Ambiente (Ibama) e do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, deflagrou nesta quarta-feira, dia 15, a operação Aegis, com o objetivo de reprimir o comércio irregular de madeira extraída de terras indígenas localizadas no Maranhão.

A PF apurou que parte da madeira extraída ilegalmente de terras indígenas, em especial a TI Araribóia, estava abastecendo serrarias na cidade de Grajaú, no Maranhão, e que tais serrarias estariam revendendo essa madeira.

A ação contou com a participação de cerca de 100 agentes públicos, entre PF, Ibama e Bombeiros, e teve como alvos serrarias nas cidades de Grajaú e residências dos investigados em Teresina, capital do Piauí.

No total, foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão e quatro ordens de suspensão de atividades expedidas pela Justiça Federal de Balsas/MA.

Os investigados responderão pelos crimes de receptação qualificada e ter em depósito produto de origem vegetal sem licença válida.

Polícia Federal apreende madeira ilegal no Maranhão. Foto: Divulgação
Polícia Federal apreende madeira ilegal no Maranhão. Foto: Divulgação
Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias