PF deflagra operação contra suspeitas de fraude de R$ 2,5 milhões no INSS

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira, dia 24, a operação Múltiplas Faces para combater crimes previdenciários cumprindo três mandados de prisão e três de busca apreensão em Teresina.

A operação conta com a participação 14 policiais federais e os mandados foram expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Federal de Teresina.

“O grupo era formado por três mulheres que, mediante falsificação de documentos, fingiam ser outras pessoas e também aliciavam terceiros para se passarem por segurados do INSS, com o objetivo de realizarem transferências de benefícios previdenciários para possibilitar saques e empréstimos consignados nos benefícios dos verdadeiros segurados”, informou, em nota, a PF.

A investigação aponta para um prejuízo à previdência de cerca de R$ 2,7 milhões. O valor do prejuízo evitado, levando-se em consideração a expectativa de vida média da população brasileira, é de aproximadamente R$ 8,5 milhões.

O nome da Operação, Múltiplas Faces, é uma referência ao fato de as investigadas assumirem diversas outras identidades para possibilitar a fraude aos cofres da União.

Share This Article
Compartilhar:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias