Operação Estoque Zero: PF investiga empresários por desvios na Covid-19

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira, dia 02, a Operação Estoque Zero para cumprimento de mandados em Teresina, capital do Piauí, e no município de Pinheiro, no Maranhão.

No alvo estão funcionários da Secretaria Municipal de Saúde de Pinheiro que, em conluio com empresários de Teresina, teriam simulado a compra e venda de testes rápidos, por meio de contratação de empresas de fachada, que não forneceu o objeto pactuado para diagnóstico da Covid-19.

O grupo é acusado de promover fraudes em licitações e irregularidades em contratação, envolvendo recursos públicos, que seriam usados no combate à Covid-19. A investigação se concentra na compra pela Secretaria Municipal de Saúde de seis mil testes rápidos no valor de R$ 960 mil.

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, quatro mandados de constrição patrimonial e um mandado de suspensão do exercício de função pública em Pinheiro e em Teresina.

Ao todo, 30 policiais federais cumprem os mandados expedidos pela 1ª Vara Federal de São Luís, no Maranhão. Os investigados poderão responder pelos crimes de fraude à licitação, peculato, lavagem de capitais e associação criminosa.

Estoque Zero.. A operação faz referência à inexistência da mercadoria objeto do contrato, tendo em vista que a empresa não possuía sequer uma única unidade de teste rápido em seu estoque na época da suposta venda investigada pela PF.

Policiais federais cumprem mandado durante operação contra fraudes no combate à Covid-19. Foto: Divulgação
Compartilhar
Siga:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias