Cantor “Rei da Seresta” é preso após terminar show de São João

Silfarley foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão pela Justiça
Redação PI24h Redação PI24h

O cantor Silfarley Silva Neres, conhecido como “Rei da Seresta”, 32, foi preso na madrugada do último sábado, dia 22, após terminar um show de São João, no município de Barra da Choça, no sudoeste da Bahia.


Silfarley foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, pelos crimes de falsificação de documento público e estelionato – a condenação é de 2022.

O cantor foi abordado pelos policiais após descer do palco. Ele foi solto no mesmo dia após conseguir um habeas corpus. Nas redes sociais, o artista que tem mais de 600 mil seguidores publicou fotos e vídeos com artistas como Pablo, Kevi Jonny, Tarcísio do Acordeon, Luan Estilizado e Heitor Costa.

Silfarley não comentou sobre a prisão, mas seguiu postando fotos e vídeos de vários shows realizados pelo Nordeste. “Hoje tem a seresta mais gostosa do Brasil”, disse o cantor antes do show que fez em Brejões, na noite de sábado, quase 24 horas depois da prisão pela Polícia Civil.

Rei da Seresta
“Rei da Seresta” com o cantor Pablo. Foto: Divulgação
Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias