Preso 3º acusado de matar skatista por engano em Teresina

Francisco Vitor foi preso suspeito de atirar contra menor Bruno Kawan
Redação PI24h Redação PI24h

A Polícia Civil do Piauí prendeu na noite desta terça-feira, dia 11, o indivíduo Francisco Vitor Campelo da Silva, 18, suspeito de participação no assassinato do skatista Bruno Kawan, 15, no bairro Dirceu Arcoverde, na zona sudeste de Teresina. O crime aconteceu em janeiro de 2024.


Segundo a investigação, Bruno Kawan estava com dois outros jovens na pista de skate atrás do ginásio Edimilson Jorge quando Francisco Vitor e Frankilândio Corte dos Santos chegaram armados em duas motocicletas e perguntaram por um rapaz com o apelido “De Menor”. O mesmo apelido de Bruno Kawan, que respondeu e foi atingido por dois tiros nas costas e morreu no local em Teresina.

De acordo com o delegado Bruno Ursulino, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (Dhpp), o sakatista foi morto por engano – o alvo era outro adolescente. “Eles teriam ido à residência do rapaz e não o encontraram. Eles tinham a informação de que ele frequentava a pista de skate. Chegando lá, encontraram Bruno Kawan e o confundiram com seu alvo”, disse Bruno Ursulino.

“Ambos, tanto a pessoa que tentaram buscar, como a pessoa que morreu, tinham o apelido ‘De Menor’, apelido bem comum”, completou o delegado Bruno Ursulino. A vítima era usuário de drogas, mas não tinha relação com crimes, já o alvo dos criminosos é suspeito de roubos e furtos em Teresina.

No mesmo caso, os policiais ainda prenderam outro indivíduo identificado apenas como Vitor, acusado de fornecer arma de fogo para o crime em Teresina.

Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias