Importunação

Caso Rodoanel: Preso suspeito de matar primos em Teresina

Preso último suspeito do duplo homicídio dos primos Alan Carlos Se Roniel Deó
Redação PI24h Redação PI24h
  • Crime ocorreu no dia 04 de dezembro na estrada do Rodoanel em Teresina
  • Alan Carlos e Roniel foram confundidos com faccionados em Teresina
  • Entre os presos estão mandante e executores do duplo homicídio em Teresina

A Polícia Civil do Piauí prendeu o último suspeito do duplo homicídio dos primos Alan Carlos Silva Rabelo, 24; e Roniel de Sousa Deó, 21; no Rodoanel em Teresina. O duplo homicídio aconteceu no dia 04 de dezembro de 2023.

O indivíduo foi preso durante uma ronda da Polícia Militar na região da Vila Irmã Dulce, na zona sul de Teresina. O homem foi reconhecido por uma guarnição do 17º Batalhão de Polícia Militar. Ele tem passagens pelos crimes de receptação e roubo em Teresina.

Na abordagem, os agentes descobriram que o suspeito tinha um mandado de prisão em aberto referente ao caso do Rodoanel e o conduziram para Central de Flagrantes.

No dia 16 de dezembro, a polícia prendeu Francisco das Chagas, conhecido como Barriga, suspeito de ser o responsável por mandar torturar e matar os primos em Teresina. Ele foi preso no Povoado Divinópolis, na zona rural do município de União, a 64 km de Teresina.

Barriga
Francisco das Chagas, conhecido como Barriga. Foto: Divulgação

Alan Carlos e Roniel foram confundidos com membros de uma facção criminosa rival de Francisco das Chagas. Eles foram torturados e mortos por engano em Teresina. “Eles imaginavam que as vítimas tinham envolvimento no mundo do crime. Pensavam que eram da facção rival que atuava no bairro [Dom Avelar]. Levaram as vítimas para dentro do matagal, torturaram, depois colocaram dentro de um veículo, levaram até o Rodoanel. No Rodoanel eles terminaram de finalizar o crime”, disse o delegado Bruno Ursulino.

Antes, os policiais tinham prendido três suspeitos do duplo homicídio identificados como João Victor da Silva, vulgo Negreti; Jailson Ferreira da Silva e Antônio Jesus Alves da Silva.

Presos suspeitos de duplo homicídio no Rodoanel em Teresina. Foto: Divulgação

Festa

A investigação apontou que um dos presos tinha acabado de se mudar para o bairro Dom Avelar. O faccionado promoveu uma festa para comemorar a nova moradia e as vítimas tinham ido confraternizar com um parente que mora no Dom Avelar.

“Eles tinham parentes que moravam no Dom Avelar. Eles foram tomar uma cerveja com esse parente, depois se despediram normal. Eles entraram em uma rua onde estava tendo uma festa do pessoal da facção, porque um deles tinha se mudado para a região, aí o cara que se intitula como chefe no bairro acho que os dois eram inimigos de uma facção rival“, disse o delegado Bruno Ursulino.

“Eles olharam as fotografias e decidiram por eles mesmo que eles eram, e não eram inimigos. Então levaram para o mato, agrediram, torturaram e jogaram os corpos no Rodoanel”, concluiu o delegado do Dhpp.

Caso Rodoanel

Os corpos de Alan e Roniel foram encontrados com marcas de tiro na cabeça, costas e nuca no dia 04 de dezembro no Povoado São Félix, na região do Rodoanel, no acesso ao município de Altos, na zona sudeste de Teresina.

Segundo a Polícia Civil, um caminhoneiro que passava pela rodovia avistou os dois corpos à margem da pista e repassou a informação ao plantonista da Colônia Agrícola Major César Oliveira, que acionou a Polícia Militar. 

Os corpos foram encontrados com marcas de execução e, segundo a perícia, as vítimas foram levadas ao local e mortas. Os dois jovens não tinham passagem pelo sistema prisional do Piauí.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias