Importunação

Piauí tem 14 mortes e aumento de 660% nos casos de dengue em 2022

Redação PI24h Redação PI24h

Os casos dengue registraram um aumento de 660,4% neste ano no Piauí em relação ao mesmo período de 2021. Já foram notificados 22.011 casos da doença em 207 municípios do estado, enquanto que no mesmo período do ano anterior foram registradas 3.552 notificações em 109 municípios do Piauí. Os dados são do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) divulgados nesta quinta-feira, dia 27.

Os municípios com mais casos de dengue para cada grupo de 100 mil habitantes são Novo Santo Antônio; Wall Ferraz; Massapê do Piauí; Antônio Almeida e São José do Divino. No referente a óbitos, o novo boletim aponta 14 mortes por dengue em 05 municípios piauienses em 2022, enquanto que em 2021 não teve registro de óbitos por dengue no Estado.

Quanto ao zika vírus o estado também apresentou aumento nas notificações de casos, 472,5% em relação ao mesmo período de 2021. Foram 292 notificações registradas em 12 municípios durante 2022, ao passo que no mesmo período do ano passado, foram apenas 51 notificações em 13 municípios. Simplício Mendes, Milton Brandão, Pajeú do Piauí, Francisco Ayres e Luís Correia são os cinco municípios com maior incidência de casos de zika por 100 mil habitantes. O agravo não registrou óbitos em 2022.

O boletim destaca ainda os dados atualizados sobre a Febre Chikungunya, agravo que também registrou aumento de notificações em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2022, já são 10.006 casos notificados em 150 municípios, ao passo que em 2021 foram 243 notificações em 29 municípios, totalizando assim um aumento de 4.017,7% nas notificações durante o mesmo período dos anos de 2021 e 2022.

Vila Nova do Piauí, Simplício Mendes, Monsenhor Hipólito, Alagoinha do Piauí e Picos são os municípios com maior incidência de casos de Chikungunyapor 100 mil habitantes no estado. Até o momento os sistemas registraram 03 óbitos em dois municípios, o último registro de mortes pela doença foi em 2018, com 06 mortes registradas em 06 municípios do Piauí.

O secretário de Estado da Saúde Neris Júnior reforça a importância de combater e prevenir o surgimento de novos criadouros do mosquito transmissor das doenças para que elas parem de registrar aumento do número de casos.

“Precisamos focar na prevenção, e como fazemos isso, eliminando os criadouros do mosquito transmissor. Ao passo que os órgãos de saúde pública tomam medidas para reduzir a população de mosquito transmissores, além de acompanhar a realidade dos nossos municípios, precisamos que a população também coopere para atingirmos melhores resultados nessa luta. Verificar suas casas é essencial para detectar possíveis criadouros do mosquito”, reforçou Neris Júnior.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias