Homem que matou estudante de medicina em Teresina foge no Ceará

A fuga ocorreu na última sexta-feira (8), na região metropolitana de Fortaleza
Redação PI24h Redação PI24h
  • Ainda não há informações sobre o paradeiro de Nilson Feitosa
  • Ele foi condenado pelo assassinato da estudante Tallyne Teles
  • Seu julgamento e condenação acontecerão em junho de 2010

O presidiário Nilson Reis Feitosa, condenado por estupro e assassinato fugiu da Penitenciário Francisco Hélio Viana de Araújo, localizado em Pacatuba, na Grande Fortaleza, na última sexta-feira (8).

Ele foi condenado pela morte da estudante de medicina Tallyne Teles, de 22 anos. O crime ocorreu em 2009. O corpo da estudante foi encontrado um dia após, em Buriti de Lopes, a 281km de Teresina. Ela foi assassinada com dois tiros na cabeça.

Nilson Feitosa foi condenado a uma pena de 30 anos pela morte de Tallyne. Ele a manteve em cárcere privado, a estuprou e matou. Ele foi preso dias depois, após troca de tiros com os policiais, quando foi atingido na perna e no abdômen. Seu julgamento ocorreu em junho de 2010.

A Secretaria de Administração Presidiária do Estado do Ceará disponibilizou um canal de denúncias, através do telefone (85) 98838-4544, ou através do 181.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias