Vigilante morre em Campo Maior à espera de leito de UTI

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro Campo Maior
Reginaldo Pereira
Reginaldo Pereira morre em hospital em Campo Maior. Foto: Divulgação

O vigilante Reginaldo Pereira da Silva, 39, da Secretaria de Saúde de Campo Maior, morreu na noite desta quinta-feira, dia 04, à espera de uma vaga em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Teresina.

  • Receba notícias em 1ª mão. ☝🏽 Clique e entre agora no grupo fechado do PI24h no WhatsApp. 👉🏼 https://pi24h.com/gz5x

Reginaldo estava internado no Hospital Regional de Campo Maior (HRCM) com insuficiência respiratória grave com diagnóstico de pneumonia. O paciente não recebeu até o óbito diagnóstico positivo para Covid-19.

“Neste momento de dor e tristeza por esta perda irreparável, prestamos nossas sinceras condolências aos amigos e familiares de Reginaldo Pereira da Silva e desejamos que Deus, em sua infinita bondade, conforte o coração dos enlutados”, lamentou, em nota, a Prefeitura de Campo Maior.

Reginaldo trabalhava no Programa Estratégia e Saúde da Família (ESF) dos bairros São Luís e São João, em Campo Maior. O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e demais unidades de saúde da capital estão com leitos lotados por conta do avanço dos casos, internações e mortes pela Covid-19 no Piauí.

Share This Article