Mão Santa xinga enfermeiros e sindicato reage em Parnaíba

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

“Tem greve. Tem uns moleques aí, uns vagabundos. Quem não quer trabalhar vou cortar o ponto, e aí vai pra onde essa greve? O governo é forte, mas é muito forte, é o mais forte. Eles viviam aqui pertubando, esculhambando, Mão Santa, não sei o que, gritando. Cadê? Você viu algum grito agora?”. O prefeito Mão Santa, de Parnaíba, xingou os profissionais de enfermagem do município que estavam em greve durante coletiva de imprensa nesta sexta-feira, dia 26, no seu gabinete, na Prefeitura de Parnaíba.

“Eu não negocio com baderneiro, eu negocio aqui, tu não tá entrando? Mas para ficar aí e não trabalhar não vão ganhar não, vão ser cortado todos os pontos, quem trabalha ganha, acabou”, completou o prefeito de Parnaíba.

Os enfermeiros estavam parados desde o dia 10 de novembro diante do corte de gratificações por conta do combate à Covid-19. O movimento foi encerrado nesta sexta-feira, dia 27, após decisão do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI)

Em nota, o sindicado dos servidores públicos municipal de Parnaíba repudiou a postura e as palavras “indizíveis” a qualquer ser humano proferidas por Mão Santa.

“Esse é nosso repúdio, não somos ‘vagabundos’ ‘baderneiros’ e nem ‘desocupados’. Somos servidores efetivos do povo, e por eles vamos sempre continuar nossa luta, aqui ‘ninguém solta a mão de ninguém'”, disse a nota do Sindserm Parnaíba.

O Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren) também repudiou as declarações do prefeito sobre os profissionais da enfermagem. Em nota, o Conselho destacou que o direito à greve é constitucional e a importância dos profissionais durante a pandemia. A entidade também aponta “desvalorização e desrespeito à categoria” em Parnaíba.

Share This Article
Compartilhar:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias