“Tribunal do crime”, diz delegado sobre jovens mortas em Timon

Redação PI24h Redação PI24h

O delegado Joelson Carvalho, titular da Delegacia de Homicídios de Timon, afirmou nesta segunda-feira, dia 22, que as jovens Maria Eduarda, 17, e Joyce Ellen, 16, não tinham ligações com facções criminosas em Teresina. Elas foram obrigadas a cavar a própria cova antes de serem mortas em um matagal no bairro Parque Aliança.

“É típica de ‘tribunais do crime’ a maneira com que essas jovens foram assassinadas, tudo indica que foi isso. Mas nas investigações nós percebemos que elas não tinham ligação com facções, possivelmente elas se envolveram com alguém que teria ligação e isso gerou essa barbárie”, contou Joelson.

De acordo com familiares, as jovens saíram de casa por volta das 15h do sábado, dia 20. Uma terceira jovem estaria com a dupla. “Uma terceira garota estaria com elas, vamos tentar saber se ela foi também vítima ou se teria participado levando as jovens para Timon”, disse Joelson Carvalho.

Em imagem que circula nas redes sociais é possível ver as jovens ensanguentadas, com uma pá e uma picareta, dentro da cova rasa. Com os dedos elas fazem o número 4. Em outra foto as duas aparecem, com as mesmas roupas, sem vida parcialmente enterradas na região isolada em Timon.

Cova Timon
Cova rasa onde jovens foram encontradas em Timon. Foto: Divulgação
Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias