Deputado chama advogada de “pé de chinelo” em rádio no MA

Yglesio Moyses respondeu sobre vídeo com falas de advogada usado por influenciadores no Maranhão
Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

O deputado estadual Yglesio Moyses, do Maranhão, chamou a advogada Jordana de Sousa Torres de “advogada pé de chinelo do Piauí” durante entrevista ao programa Pinga Fogo, na rádio Cultura FM, do município de Paço do Lumiar, no Maranhão. O programa foi ao ar no último sábado, dia 07.

Yglesio Moyses respondeu pergunta do jornalista Neto Cruz sobre um vídeo divulgado pela influenciadora Skarlete Mello, alvo da operação Quebrando a Banca, da Polícia Civil do Maranhão, contra o projeto de lei da autoria do deputado que visa coibir abusos e promover a regulamentação da divulgação de jogos eletrônicos nas redes sociais como o “Jogo do Tigrinho”.

“Na verdade eles [influenciadores] estão pegando alguns recortes de fala de uma advogada pé de chinelo do Piauí e tentam criar fake news a partir disso. Mas o importante é a OAB do Piauí rever a aprovação dessa advogada aí, por que ela está prestando um grande desserviço para a sociedade”, disse o deputado Yglesio Moyses.

Segundo o parlamentar, a advogada defende os influenciadores na investigação da Polícia Civil do Maranhão. O deputado alertou para a divulgação feita por diversos influenciadores, incentivando os jovens a utilizarem as plataformas no Maranhão. Para o parlamentar, o caso se trata de pirâmide financeira, o que é proibido por Lei.

  • Vídeo: Deputado Yglesio Moyses em entrevista ao programa Pinga Fogo

Nota de Apoio

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, por meio da Comissão de Defesa das Prerrogativas dos Advogados e Advogadas, manifestou apoio a advogada Jordana de Sousa Torres.

Jordana Torres
Advogada Jordana Torres. Foto: Divulgação

“A Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Piauí repudia condutas como a mencionada, ao mesmo tempo em que se solidariza com a advogada Jordana de Sousa Torres, reafirmando o compromisso de se manter sempre atenta e vigilante para combater ataques contra a Advocacia Piauiense”, destaca a nota da OAB-PI.

Direito Digital

A advogada Jordana Torres é presidente da Comissão de Direito Digital da OAB-PI. Em maio deste ano, ela participou de um debate sobre o PL das Fake News, em tramitação na Câmara dos Deputados.

Segundo ela, o evento serviu para a instituição debater a temática e mostrar que o PL tem pontos positivos e negativos para a advocacia do Estado.

Share This Article
Compartilhar:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias