Justiça solta advogada presa com droga em presídio em Timon

Liliana Silva terá que cumprir medidas cautelares decretadas pela Justiça
Redação PI24h Redação PI24h

O juiz Weliton Sousa Carvalho, da Central de Audiência de Custódia da Comarca de Timon, concedeu liberdade provisória a advogada Liliana Silva Rodrigues, 28, presa acusada de tentar entrar com maconha escondida no sapado no presídio Jorge Vieira, em Timon.


A decisão do magistrado atende a manifestação do Ministério Público do Maranhão (MP-MA) que se manifestou pela homologação da prisão em flagrante, com conversão em liberdade provisória cumulada com medidas cautelares determinadas pela Justiça.

A advogada foi colocada em liberdade mediante as seguintes medidas cautelares: comparecimento em juízo, a cada 30 dias para informar e justificar as suas atividades; proibição de ausentar-se da comarca por mais de 30 dias sem autorização do juízo competente; não mudar de endereço também sem autorização.

E ainda proibição de frequentar dependências prisionais de qualquer tipo, recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga; suspensão do exercício profissional da advocacia, no que diz respeito à atuação na esfera criminal; e pagamento de fiança de R$ 2 mil.

Caso

A advogada Liliana Silva Rodrigues de Souza, 28, foi presa em flagrante na tarde desta terça-feira, dia 09, ao tentar entrar com drogas no presídio Jorge Vieira, em Timon, no Maranhão. Liliana Silva estava na unidade prisional para visitar dois detentos: Airton Bispo Silva e Irlander do Nascimento Viana. Na entrada, foi submetida a revista na máquina de scaner Bodyscan.

Advogada Liliana Silva. Foto: Divulgação

Os policiais penais constataram objetos estranhos no interior do calçado da advogada – foi solicitado que era retirasse os sapatos onde foram encontradas sete trouxas de maconha, segundo a Polícia Penal.

Liliana Silva confessou que era a segunda vez que entrava com drogas no presídio em Timon. A advogada foi conduzida por servidores da presídio Jorge Vieira para a Central de Flagrantes. A prisão foi comunicada à Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão.

Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias