Idoso com Covid-19 morre à espera de UTI em hospital de Teresina

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

Um idoso identificado como Francisco Xavier de Sousa, 92, morreu nesta segunda-feira, dia 22, no Hospital da Primavera, na zona norte de Teresina, vítima da Covid-19. Ele não conseguiu um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Erica Luane, neta de Francisco Xavier, denunciou a situação do avô nas redes sociais e pediu ajuda, que não chegou a tempo para salvar a vida do senhor. “Genteeeee boa noite esse é meu avô, está internado no hospital da primavera e hoje está fazendo 7 dias, está no estado grave com pulmões comprometidos e precisando de uma uti com urgência, o hospital está com negligência médica, estão tratado meu avô muito mal e colocando sempre meu avô em último na fila de espera da uti, pq ele tem 92 anos de idade!”, lamentou Luane.

“O médico plantonista de ontem chegou na sala várias vezes e diminuiu o oxigênio pq disse que meu avô estava só gastando oxigênio!! Estão sempre colocando meu avô em último para que ele morra, ele tá lutando pela vida Mais o hospital não ajuda!! Peço a todos que compartilhe para que chegue as autoridades e meu avô consiga ser transferido ele tá morrendo e os médicos e hospital não está fazendo nada!!!!! Me ajudem por favor”, completou Luane.

Na foto postada pela neta, o idoso aparece com as mãos rochas e com uma máscara de oxigênio poucas horas antes de morrer no hospital da Prefeitura. A Fundação Municipal de Saúde disse em nota que toda assistência foi dada ao paciente e não houve diminuição de oxigênio como denunciado por Luane.

“A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina informa que foi dada toda assistência necessária ao paciente Francisco Xavier de Sousa. Ele ficou em leito isolado e recebeu atendimento da equipe médica do Hospital da Primavera durante todo o tempo em que esteve na unidade. Começou usando cateter nasal e evoluiu para o uso da máscara reservatório (com oxigênio)”, disse a nota do órgão gerido pelo médico Gilberto Albuquerque.

“A FMS esclarece que não houve diminuição de oxigênio para o paciente, e que ele acabou precisando de leito de UTI, a unidade hospitalar então solicitou, via regulação de leitos online, a remoção do paciente para unidade que tem UTI, pois lá na Primavera só tem leito clínico”, completou a FMS.

O órgão afirmou ainda que devido à alta demanda de pessoas precisando de leitos de UTI na capital, o paciente veio à óbito antes de conseguir a vaga. A fila de espera por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes graves com Covid-19 chegou a 187 pessoas em Teresina. “Hoje 100% dos leitos estão ocupados”, finaliza a FMS.

Share This Article
Compartilhar:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias