Importunação

Wellington explica cortes e destaca aumento do Bolsa Família

Ministro explicou o corte de beneficiários do programa Bolsa Família
Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro
  • "A gente trabalha a garantia do cumprimento da lei", explicou o ministro Wellington Dias
  • Segundo ele, os casos de benefício individualizado são casos de exceção no Bolsa Família
  • O programa inseriu três milhões de famílias, próximo de 10 milhões de pessoas no País

O ministro Wellington Dias, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, explicou nesta terça-feira, dia 06, o corte de beneficiários do programa Bolsa Família.

“A gente trabalha a garantia do cumprimento da lei. São pessoas que a mesma família recebia mais de um benefício. Situação de pessoas com renda elevada”, justificou Wellington.

O ministro falou também do programa Busca Ativa que inseriu pessoas que tem o perfil do programa de distribuição de renda do Governo Federal. “Nós trouxemos para dentro do cadastro cerca de três milhões de famílias, próximo de 10 milhões de pessoas. A gente tinha 54 milhões de pessoas atendidas e agora são 56 milhões”, completou Wellington.

“Passamos a trabalhar o conceito família. Os casos de benefício individualizado são casos de exceção. […] O objetivo é universalizar, não deixar ninguém quem tem o direito de fora, mas somente quem preenche o requisito”, finalizou o ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Compartilhar
Siga:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias