Importunação

PF prende suspeitos de financiar tentativa de golpe no 8/1

Há exatamente um ano, as sedes dos Três Poderes foram invadidas e depredadas em Brasília
Agência Brasil Agência Brasil
  • PF busca identificar financiadores e fomentadores da tentativa de golpe de Estado
  • STF expediu 46 mandados de busca e apreensão e um de prisão – este na Bahia
  • Os valores dos danos causados ao patrimônio público devem chegar aos R$ 40 milhões

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta segunda-feira, dia 08, mais uma etapa da Operação Lesa Pátria, dando sequência às investigações que buscam identificar financiadores e fomentadores da tentativa de golpe de Estado.

Há exatamente um ano, as sedes dos Três Poderes foram invadidas e depredadas por grupos insatisfeitos com o resultado das eleições que levaram ao poder o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Nesta 23ª fase da Lesa Pátria, o Supremo Tribunal Federal (STF) expediu 46 mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva – este na Bahia.

Os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em Mato Grosso [10], no Rio Grande do Sul [13], Distrito Federal [5], Maranhão [4], na Bahia [2], em Goiás [2], Minas Gerais [2], no Paraná [1], em Rondônia [1], Santa Catarina [2], São Paulo [1] e no Tocantins [3].

“Foi determinada a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados. Estima-se que os valores dos danos causados ao patrimônio público possam chegar aos R$ 40 milhões”, informou a PF.

De acordo com os investigadores, os suspeitos podem, em tese, responder por sete crimes: abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

  • Fotos: Nova fase da Operação Lesa Pátria deflagrada pela Polícia Federal
Compartilhar
Siga:
A Agência Brasil é uma agência de notícias brasileira gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Foi criada durante o governo de Fernando Collor em substituição à extinta Empresa Brasileira de Notícias, que por sua vez era continuidade da Agência Nacional, criada por Getúlio Vargas.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias