Voo com brasileiros resgatados da Cisjordânia pousa em Brasília

O voo saiu de Aman, na Jordânia, e teve escalas em Roma, Las Palmas e Recife
Agência Brasil Agência Brasil

A aeronave VC2 (Embraer 190) da Presidência da República pousou em Brasília, às 8h35 desta quinta-feira, dia 02, trazendo 26 pessoas que estavam na Cisjordânia, pela Operação Voltando em Paz, do governo do Brasil. O voo saiu de Aman, na Jordânia, e teve escalas em Roma, Las Palmas e Recife, antes de ser finalizado em Brasília.

Ao todo, o voo repatriou 30 brasileiros, além de uma jordaniana e um palestino, ambos casados com brasileiros. Em uma escala, por volta de 5h35 da manhã, no Recife (PE), desembarcaram seis deles. Entre os viajantes estão seis idosos, 11 crianças e dois cadeirantes.

De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), apenas um passageiro terá como destino final a capital federal. Os demais seguirão para outras cidades brasileiras, em vaga cedidas em voos disponibilizados pela Azul Linhas Aéreas, com destino a Goiânia (GO), Foz do Iguaçu (PR), São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba(PR), Porto Alegre (RS).

Já saíram do Brasil dez aviões pela operação. E o voo que chega Brasília nesta quinta-feira é o nono que retorna. O avião que trouxe os brasileiros de hoje é o mesmo que tinha viajado em 12 de outubro para o Egito, onde esperava a liberação dos brasileiros que estão na Faixa de Gaza.

Um avião, do mesmo modelo VC2, continua no Egito esperando os repatriados de Gaza, que dependem de liberação para passar pelo portão de Rafah, na fronteira com Israel. Essa aeronave que aguarda no país africano é a mesma que na segunda-feira, dia 30, levou quase duas toneladas de alimentos doados pelo governo federal,

Desde 10 de outubro, 1.445 pessoas deixaram Israel e a Cisjordânia em nove voos da Força Aérea Brasileira (FAB), pela Operação Voltando em Paz.

Brasileiros
Foto: Representação Brasileira em Ramala / Divulgação
Compartilhar
Siga:
A Agência Brasil é uma agência de notícias brasileira gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Foi criada durante o governo de Fernando Collor em substituição à extinta Empresa Brasileira de Notícias, que por sua vez era continuidade da Agência Nacional, criada por Getúlio Vargas.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias