Câmara derruba veto a emenda ao orçamento de Teresina

Cada vereador terá direito a indicar R$ 2,4 milhões de emendas em 2024
Redação PI24h Redação PI24h

A Câmara Municipal de Teresina derrubou nesta terça-feira, dia 15, o veto do prefeito Dr. Pessoa ao dispositivo do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que dobra o percentual de emendas dos vereadores para 2024.


A mudança altera a Lei Orgânica do Município de Teresina elevando o percentual das emendas parlamentares de 1% da Receita Corrente Líquida para até 2%. Cada vereador terá direito a indicar R$ 2,4 milhões de emendas em 2024. Pela lei, 50% das emendas será destinado para a área da Saúde.

De acordo com os vereadores, o veto do prefeito afronta a Constituição Federal. Em votação única, foram 19 votos favoráveis à derrubada do veto e 10 votos contrários. Os percentuais destinados às emendas parlamentares passaram a ser de execução obrigatória pela Prefeitura de Teresina.

Líder

O líder do prefeito na Câmara, vereador Antônio José Lira, pediu a retirada da matéria de pauta e declarou que a orientação da base era manter o veto, mas a assessoria jurídica da Casa manteve a votação e a maioria votou para derrubar o veto de Dr. Pessoa.

Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias