Rafael: “jamais abrir mão do equilíbrio fiscal” do Piauí

Governador admitiu "cortar na carne" para garantir a prioridade de manter as contas equilibradas no Governo
Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

O governador Rafael Fonteles (PT) falou sobre a queda de 32% no repasse do Fundo de Participação do Estado (FPE) para o Piauí no mês de julho, e a decisão de cortar em 15% os salários de secretários, superintendentes e comissionado do Estado. Rafael Fonteles falou em “jamais abrir mão do equilíbrio fiscal” do Piauí.


“A gente está analisando, esperando o dia 10 de agosto para saber se foi algo pontual no mês de julho, ou algo permanente. Como sou precavido já tomei medidas para não ter intercorrência e jamais abrir mão do equilíbrio fiscal do estado”, disse Rafael.

O governador explicou que a redução tem a ver com o lucro das estatais e admitiu “cortar na carne” para garantir a prioridade de manter as contas equilibradas no Governo.

“O governo sabe cortar na pele quando é necessário. Ao primeiro sinal de receita abaixo do esperado, principalmente receita que o estado não controla como é o caso do FPE. Espero que seja algo breve, transitório, para não prejudicar ninguém. A medida é para demonstrar nossa prioridade absoluta”, completou Rafael.

Compartilhar
Compartilhar:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias