Prefeito Bruno Covas morre vítima de câncer aos 41

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, morreu na manhã deste domingo, dia 16, aos 41 anos, no Hospital Sírio-Libanês. Ele lutava contra um câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado e estava internado desde o último dia 02.

Na última sexta-feira, dia 14, Bruno Covas apresentou uma piora no quadro de saúde e a equipe médica informou que ele estava sedado e o quadro era irreversível.

“O prefeito de São Paulo Bruno Covas faleceu hoje às 08:20 em decorrência de um câncer da transição esôfago gástrica, com metástase ao diagnóstico, e suas complicações após longo período de tratamento”, disse, em nota, a Prefeitura de São Paulo.

Nas últimas horas de vida, o prefeito recebeu sedativos e analgésicos para não sentir dores. Familiares e amigos permaneceram no hospital desde que os médicos informaram que seu quadro de saúde era irreversível.

O prefeito deixa o filho, Tomás, de 15 anos. Covas é o primeiro prefeito da cidade de São Paulo a morrer durante o mandato. Ricardo Nunes (MDB), o vice que hoje é prefeito em exercício, irá assumir definitivamente o cargo em São Paulo.

Compartilhar
Siga:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias