Deputados piauienses votam a favor da prisão de Brazão

Flávio Nogueira e Castro Neto votaram pela prisão do deputado Chiquinho Brazão
Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro
  • A prisão do deputado foi aprovada em comissão na Câmara
  • Deputados piauienses votaram a favor da prisão na CCJ
  • A medida ainda precisa de votação no plenário da Casa

Os deputados federais Flávio Nogueira (PT) e Castro Neto (PSD) votaram nesta quarta-feira, dia 10, a favor da manutenção da prisão do deputado Chiquinho Brazão (Sem Partido-RJ), acusado de mandar matar a vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco.

A prisão foi mantida por 39 votos a 25 na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). O colegiado aprovou o parecer do deputado Darci de Matos (PSD-SC).

A medida ainda precisa passar por votação no plenário da Casa. O colegiado aprovou o parecer do deputado Darci de Matos (PSD-SC).

Mais cedo, o Conselho de Ética da Casa instaurou processo que poderá levar à cassação do mandato de Chiquinho Brazão. O pedido para abertura do processo disciplinar foi feito pelo PSOL.

Chiquinho Brazão está preso desde 24 de março. Após a prisão, a executiva Nacional do partido União Brasil aprovou, por unanimidade, a expulsão do deputado federal da sigla.

Compartilhar
Siga:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias