Mulher morta com tiro no rosto estava amamentando, diz Barêtta

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

O delegado Francisco Costa, o Barêtta, coordenador do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, informou nesta segunda-feira, dia 21, que a jovem Kelly Rayane dos Santos Nascimento, 28, foi morta com um tiro no rosto quando amamentava o filho de 11 meses no último domingo, dia 20, em casa, na rua Professor Artur Furtado, no bairro Nova Brasília, em Teresina.

O principal suspeito do crime tinha um relacionamento com a vítima e foi identificado apenas como Carlos Manoel. Ele está foragido da polícia. O bebê de Rayane é fruto do relacionamento com Carlos Manoel. Ela tinha outra criança de quatro anos que também presenciou o crime em Teresina.

“Essa moça foi morta atingida por disparo de arma de fogo no interior da sua residência na frente de dois filhos, um de quatro anos e um de 11 meses. Segundo a mãe da Rayane, ela costumava amamentar a criança de 11 meses na posição que ela estava. Provavelmente ela estaria amamentando a criança quando recebeu o disparo de arma de fogo na cabeça”, contou Barêtta.

A motivação do crime seria o fato do homem não aceitar o fim do relacionamento com a vítima. Em seguida, o acusado fugiu com a ajuda do pai em uma moto em Teresina.

Baretta
Delegado Barêtta. Foto: Divulgação
Share This Article
Compartilhar:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias