Importunação

Juiz manda soltar acusados de matar radiologista em Teresina

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

O juiz Antônio Reis de Jesus Nolêto, da 1ª Vara do Tribunal do Júri, mandou soltar dois acusados de matar o técnico em radiologia Kleiton Ângelo Guedes Assunção Martins em dezembro de 2019.

Os advogados do réu Juniel de Sousa Silva alegaram que o denunciado estava há mais de 330 dias presos sem julgamento. O magistrado entendeu que a manutenção da prisão se tratava de constrangimento ilegal em execução de uma sentença inexistente. A instrução processual foi concluída em janeiro de 2021.

Porém, o júri ainda não aconteceu. A soltura contraria parecer do Ministério Público. A decisão também beneficiou o comparsa Antônio Paulo de Oliveira.

Kleiton Martins foi morto com nove tiros em uma estrada vicinal no povoado Taboca do Pau Ferrado, na zona rural de Teresina. De acordo com as investigações da Polícia Civil, a vítima contratou a dupla para executar um assassinato, e foi cobrar o dinheiro adiantado tendo em vista que o crime não aconteceu. Os dois foram presos em São Paulo em agosto de 2020.

Kleiton Ângelo
Kleiton Ângelo, técnico em radiologia morto em Teresina. Foto: Divulgação
Compartilhar
Siga:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias