Dono de escola é preso por estuprar criança em Teresina

Empresário foi condenado a 14 anos de prisão por estupro de vulnerável em Teresina
Redação PI24h Redação PI24h

A Diretoria de Operações de Trânsito, da Secretaria de Segurança Pública, prendeu na manhã desta quinta-feira, dia 20, o empresário Antônio Batista de Miranda Filho, 62, condenado a 14 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável. A prisão aconteceu no bairro Jóquei, na zona leste de Teresina.


Em março de 2019, o empresário chegou a ser preso por meio de denúncia realizada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, acusado de violentar uma criança de apenas quatro anos, que estudava na Escola de Reforço Betel, de sua propriedade. No entanto, no decorrer do processo acabou sendo absolvido em primeira instância.

“Esse homem foi condenado a 14 anos de prisão acusado de violentar em 2019 uma criança de quatro anos de idade que estudava em uma escola de reforço”, disse o diretor de Operações de Trânsito, Fernando Aragão

“A prisão é um marco significativo na luta contra crimes hediondos, especialmente aqueles cometidos contra crianças. Embora tenha sido absolvido em primeira instância, a justiça prevaleceu, e agora ele enfrentará as consequências de seus atos”, completou o diretor Fernando Aragão.

O homem foi encaminhado para a Central de Flagrantes onde ficará à disposição da Justiça.

Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias