Casal suspeito de aplicar golpe de R$ 2,5 milhões é preso no Piauí

Os presos são suspeitos de golpes usando revendedora de carros no DF
Redação PI24h Redação PI24h

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Inhuma em ação conjunta com a 8ª Delegacia da Polícia Civil do Distrito Federal, prendeu um casal suspeito de envolvimento em um golpe milionário ocorrido no Distrito Federal. As prisões foram realizadas no município de Inhuma, na região de Picos, no âmbito da “Operação Conexão Babilônia”.


Com a localização dos suspeitos, as equipes das duas polícias deram cumprimento a dois mandados de prisão preventiva, oriundos do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Durante a ação, foram apreendidos dois veículos avaliados em aproximadamente R$ 200 mil. As diligências se estenderam nos dias seguintes no Distrito Federal resultando na prisão de mais três suspeitos, na apreensão de mais dois veículos, cinco aparelhos celulares e um notebook.

Além disso, a Polícia Civil do Distrito Federal obteve ordem judicial para a indisponibilidade dos bens e o bloqueio das contas bancárias dos investigados somando R$ 2,5 milhões, valor que ainda será disponibilizado para o ressarcimento das vítimas.

Os suspeitos presos no Piauí foram encaminhados para o Distrito Federal e encontram-se à disposição da Justiça. Eles responderão pelos crimes de estelionato, apropriação indébita, falsificação de documento e associação criminosa, com penas que podem chegar a 18 anos de reclusão.

Golpe Milionário

As investigações revelaram que os suspeitos utilizavam uma loja de revenda de veículos para enganar as vítimas e obter vantagens ilícitas. Três homens do grupo investigado já possuíam antecedentes criminais: um por crime envolvendo a Lei Maria da Penha e porte de arma de fogo, outro por furto, e o terceiro também por porte de arma de fogo.

Diversas ocorrências de estelionato e apropriação indébita foram registradas na 8ª Delegacia da Polícia Civil do Distrito Federal, todas envolvendo a mesma loja que encerrou suas atividades no dia 13 de maio deste ano, deixando os clientes sem explicações.

As vítimas eram enganadas de várias maneiras: algumas deixavam seus veículos na loja para serem vendidos, mas não recebiam o valor devido e encontravam a loja fechada; outras deixavam veículos ainda alienados, recebendo a promessa de quitação do financiamento, o que não ocorria e resultava em dívida e perda do veículo; por fim, alguns consumidores que compravam veículos na loja não conseguiam transferir a propriedade devido a alienações fiduciárias não resolvidas.

Casal preso é levado para o Distrito Federal. Foto: Divulgação

70 Ocorrências

Com cerca de 70 ocorrências registradas, estima-se um prejuízo das vítimas em mais de R$ 2,5 milhões. As investigações localizaram parte dos criminosos no estado do Piauí, onde um dos veículos mencionados nas ocorrências foi encontrado. Outro envolvido foi detido no estado do Goiás, em posse de um carro de uma das vítimas. Os outros dois acusados foram localizados e presos no Distrito Federal. As prisões ocorreram entre os estados do Piauí e do Goiás e do Distrito Federal.

Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias