Queiroga anuncia fim da emergência por conta da Covid-19

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou neste domingo, dia 17, em pronunciamento oficial à nação, o fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin) imposta pela pandemia da Covid-19.

O estado de emergência – em vigor desde fevereiro de 2020 – permitiu a assinatura de contratos emergenciais para compra de insumos e vacinas contra Covid-19.

“Temos condições de anunciar o fim da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional, a Espin. Nos próximos dias, será editado um ato normativo disciplinando essa decisão”, disse Queiroga.

A medida está de acordo com posição do presidente Jair Bolsonaro (PL) que pressionou pela decretação do “fim da pandemia” que seria rebaixada para endemia no País.

Queiroga disse que 73% da população está completamente imunizada com mais de 71 milhões de doses de reforço aplicadas no Brasil. No entanto, o ministro afirmou que a medida “não significa o fim da Covid-19”.

“Continuaremos a conviver com o vírus. O Ministério da Saúde permanece vigilante e preparado para adotar todas as ações necessárias para garantir a saúde dos brasileiros”, afirmou Queiroga.

Compartilhar
Siga:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias