Preso casal dono de clínica que deformou pacientes no Ceará

Eles foram presos pela Polícia Civil, em Fortaleza
Redação PI24h Redação PI24h
  • Casal mantinha clínica, mas não eram habilitados
  • Uma vítima teve deformações, a outra está em estado grave
  • Eles utilizavam substância proibida pela Anvisa

Um casal, donos de uma clínica clandestina de estética, foram presos no bairro Dendê, em Fortaleza, por suspeita de deformarem clientes após a aplicação de polimetilmetracrilato, o PMMA, nas clientes.

A operação policial que fechou o local foi realizada na última quinta-feira (29) e os proprietários foram autuados por crimes de lesão corporal grave, crime contra ordem tributária, falsificação de medicamentos para fins terapêuticos ou medicinais e exercício ilegal da medicina. As informações foram publicadas inicialmente pelo G1 Ceará.

De acordo com as informações, uma das vítimas teve deformações e feridas nos glúteos e pernas. Outra vítima está internada em estado grave e aguarda a retirada da substância PMMA, que é proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para fins estéticos.

A prisão aconteceu após a polícia ser procurada por uma mulher de 32 anos que havia contratado um serviço da clínica para um procedimento nos glúteos.

“Após a realização do tratamento estético, a vítima apresentou reações e precisou ser internada. Ela ficou em estado grave em um hospital da região”, disse a Polícia Civil.

Os donos da clínica se passavam por esteticistas, mas não tinha nenhum tipo de formação na área. O homem, de acordo com a polícia, chegou a cursar biomedicina, mas não concluiu o curso. No local, a polícia apreendeu seringas com substâncias, agulhas e outros objetos referentes a área médica.

Share This Article
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias