Importunação

Marcinho Guerreiro, técnico do Moto Club, é preso em estádio no MA

Técnico foi preso antes de partida no Estádio Frei Epifânio, em Imperatriz
Redação PI24h Redação PI24h
  • Marcinho Guerreiro foi preso em Imperatriz antes de partida pelo Estadual
  • Falta de pagamento de pensão alimentícia motivou prisão, informou a Polícia Civil
  • Moto Club foi comandado pelo auxiliar técnico Lucas Guerreiro, filho de Marcinho

O técnico do Moto Club, Márcio André Correia Cantanheide, conhecido como “Marcinho Guerreiro”, 45, foi preso na noite desta quarta-feira, dia 17, no Estádio Frei Epifânio, no município de Imperatriz, no Maranhão. A prisão aconteceu pouco minutos antes do início de uma partida do Campeonato Maranhense.

O motivo da prisão foi a falta de pagamento de pensão alimentícia. Em campo, o Moto Club foi comandado pelo auxiliar técnico Lucas Guerreiro, filho de Marcinho. O time encarou o Imperatriz pela segunda rodada do Estadual e perdeu por 3 a 1.

Marcinho Guerreiro acompanhou o aquecimento da equipe e ao descer para o vestiário, um oficial de justiça e uma viatura já o aguardavam com um mandado de prisão decretado pela Justiça.

O técnico foi levado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz. A prisão tem duração de 60 dias. O processo de pensão alimentícia é sigiloso para preservar as partes envolvidas na demanda junto à Justiça.

Em nota, o Moto Club afirmou que não teve conhecimento da situação envolvendo o técnico e que “tomará as medidas cabíveis” após a apuração dos fatos. A reportagem não conseguiu contato com a defesa de Marcinho Guerreiro.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias