Prefeitura de Teresina lança editais da Lei Paulo Gustavo

Lei contempla diversas linguagens artísticas e culturais dos fazedores de cultura de Teresina
Redação PI24h Redação PI24h

A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura (FMC), realizou, nesta quarta-feira, dia 04, no auditório do Palácio da Música, a cerimônia de explanação dos cinco editais da Lei Paulo Gustavo em Teresina (Lei complementar nº 195 de 22 de julho de 2022), que contemplam diversas linguagens artísticas e culturais desenvolvidas pelos fazedores de cultura da capital.


O evento contou com a participação do Prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, Presidente da Fundação Municipal de Cultura, Neto do Angelim, entre diversos artistas culturais de Teresina. Na ocasião, Dr. Pessoa ressaltou a importância que a Prefeitura tem dado ao setor cultural da cidade.

“Nós acreditamos e sabemos da importância do setor e atividades culturais de Teresina para a população. Queremos que os recursos dessa lei possam atender e auxiliar os fazedores de Cultura de nossa cidade, para que eles possam executar e entregar a população a criatividade de cada um. A Lei é uma forma de mostrar o trabalho desses artista, além de assisti-los de forma emergencial, devido os transtornos sofridos, causados pelo período da pandemia”, comentou Dr. Pessoa.

Lançamento dos editais da Lei Paulo Gustavo. Foto: Divulgação

Durante o evento foi apresentado explicações dos cinco editais que foram homenageados com nomes de artistas locais que marcaram a história de Teresina e que já não estão mais entre nós. Os editais apresentados foram: Afonso Miguel que contemplará mestres da cultura popular; Edital Magalhães, com apoio as demais áreas culturais; Edital Chagas Júnior, com apoio ao cinema de rua e ao cinema itinerante e o Edital Maria Sueli, com a formação, qualificação e difusão do audiovisual, com lançamento previsto para o próximo dia 11 de outubro.

O secretário de Cultura, Neto do Angelim, ao cumprimentar os presentes falou da satisfação de fazer parte deste momento histórico da cultura teresinense. “Sabemos o quanto vocês artistas têm esperado por esse momento, pela liberação desses recursos, mas principalmente para colocar em prática projetos que há anos vocês vem planejando, no qual agora com a esta Lei vocês poderão implementar”, ressaltou Neto do Angelim.

Neto do Angelim no lançamento dos editais da Lei Paulo Gustavo. Foto: Divulgação

O presidente do Conselho Municipal de Teresina, Pedro Vidal, destacou que a Lei vai destinar 8 milhões de reais, sendo o maior recurso já destinado para a cultura local. “Então, a Lei Paulo Gustavo, que traz um aporte, recursos de mais de 8 milhões de reais para a Teresina, o maior recurso para a cultura que o nosso município já teve. Ele está dividido em seis editais, cada um homenageando a personalidades da cultura de Teresina e do Piauí como um todo. E assim, dividindo nesses segmentos, a gente vai conseguir contemplar diferentes modais de arte e de cultura, explicou Pedro Vidal.

Pedro Vidal no lançamento dos editais da Lei Paulo Gustavo. Foto: Divulgação
Lançamento dos editais da Lei Paulo Gustavo. Foto: Divulgação
Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias