Farmácia do Povo pode ser consultada pelo Gov.pi Cidadão

Gov.pi Cidadão está disponível nas lojas de aplicativo para o celular Android e iOS
Redação PI24h Redação PI24h

Usuários da Farmácia do Povo podem acompanhar o agendamento de atendimentos na plataforma lançada pelo Governo do Estado, o Gov.pi Cidadão. O serviço está disponível apenas para quem possui cadastro na farmácia.


Os pacientes podem acompanhar, por exemplo, quando será a data do seu atendimento presencial, o turno em que irá acontecer, o tipo de atendimento, e outras observações sobre o serviço. Ao entrar no sistema, basta o usuário selecionar os serviços da área da saúde e buscar a opção “Consultar Agendamento em Farmácia do Povo – Medicamentos Especializados”. É importante frisar que, para visualizar as informações pela plataforma, é preciso que o usuário já esteja cadastrado no sistema da Farmácia do Povo que, em Teresina, fica localizada na Rua David Caldas, 398, Centro.

“O paciente, após fazer o cadastro com nossa equipe, conseguirá consultar através da plataforma os seus agendamentos para atendimento na farmácia, garantindo mais comodidade para os nossos usuários”, explica Suelen Fernanda, diretora de Unidade de Assistência Farmacêutica.

Para realizar o cadastro na farmácia, é necessário comparecer presencialmente ao local, portando documentos pessoais como RG, CPF, comprovante de residência, laudo, receita e exames pertinentes ao protocolo da patologia para a qual ele está buscando medicamentos.

O Gov.pi Cidadão está disponível nas lojas de aplicativo para o celular, nos sistemas Android e iOS. Além disso, a população pode acessar o site oficial do Governo do Estado, clicar no botão Gov.pi Cidadão e navegar na carta de serviços da plataforma. O acesso ao Gov.pi Cidadão pode ser feito ainda por meio do gov.br e também pelo ID Piauí.

Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias