Energia furtada atenderia Teresina por mais de dois meses, diz Equatorial

Em 2023 já foram realizadas mais de 101 mil inspeções no Piauí
Redação PI24h Redação PI24h

A Equatorial Piauí informou que, de janeiro a outubro deste ano, foram contabilizados mais de 365 Gwh de energia desviada ou furtada por conta de ligações clandestinas no Piauí. Essa carga seria suficiente para abastecer Teresina por dois meses e meio e equivale a R$ 80 milhões não arrecadados de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

“Em 2023 já realizamos mais de 101 mil inspeções no Piauí e identificamos 30 mil irregularidades. Periodicamente fazemos fiscalização nas unidades consumidoras e, caso seja constatado alguma fraude, de imediato a situação é regularizada e assim coibimos a prática do furto de energia”, afirmou o gerente de serviços técnicos e comerciais da Equatorial Piauí, Johnny Monteiro.

O furto de energia, além de crime previsto no Código Penal (Art. 155 e 171), pode ocasionar diversos prejuízos ao sistema elétrico como sobrecarga e interrupção no fornecimento de energia. Pode ocasionar também acidentes elétricos, colocando em risco a segurança da população. De acordo com o artigo 589 da resolução normativa nº 1000/2021 da Aneel, cabe às distribuidoras realizarem ações permanentes contra o uso irregular de energia.

“Diariamente realizamos monitoramento para acompanhar o consumo das unidades consumidoras. Os equipamentos utilizados nos permitem identificar aqueles clientes para uma inspeção mais detalhada para atuação no combate direto ao furto de energia, são realizadas operações em parceria com a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Piauí. Importante ressaltar que os valores que não foram arrecadados em ICMS poderiam refletir em diversos benefícios para a população, como por exemplo, a construção de escolas e hospitais”, declarou Johnny Monteiro.

Como Denunciar?

Em caso de suspeitas de irregularidades no fornecimento de energia, os consumidores podem denunciar nos canais de atendimento da Distribuidora, através do site equatorialenergia.com.br, Central de Atendimento por meio do 0800 086 0800 ou presencialmente nas agências de atendimento.

A Equatorial Piauí reforça que toda e qualquer intervenção na rede elétrica só deve ser realizada por profissionais habilitados pela distribuidora, porque estes são treinados e utilizam todos os equipamentos necessários para o exercício das atividades com segurança em campo.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias