Ponte Estaiada tem iluminação especial no Novembro Azul

Ponte Estaiada é um dos principais pontos turísticos da cidade de Teresina
Redação PI24h Redação PI24h

A Ponte Estaiada João Isidoro França ganhou iluminação especial neste mês, em alusão ao Novembro Azul. A cor enfatiza tanto o movimento mundial de conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce e prevenção do câncer de próstata, como a necessidade de prevenir complicações do diabetes. A iluminação da Ponte Estaiada é de competência da Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (Eturb), da Prefeitura de Teresina.

Segundo o presidente da pasta, João Duarte, como a Ponte Estaiada é um dos principais pontos turísticos da cidade, usá-la para fortalecer as campanhas é uma questão de utilidade pública. “Este é um ponto turístico muito visto e visitado. Muita gente passa por ela no seu dia a dia, portanto não podemos deixar de incluí-la nas campanhas de conscientização. Nosso objetivo aqui é alertar os teresinenses sobre o câncer de próstata e sobre a prevenção de complicações da diabetes”, declarou João Duarte.

O diretor-executivo da pasta, Edimilson Ferreira, destaca que a iluminação na cor azul deve ficar até o dia 30 de novembro. “Pode acontecer de alguma outra causa solicitar a mudança em alguma data desse mês e vamos analisar a viabilidade, mas na maior parte de novembro a Ponte Estaiada ficará azul”, disse Edmilson.

O coordenador de Iluminação Pública, Paulo Roberto da Iluminação, frisa que o prefeito Doutor Pessoa, por ser médico, sempre foi muito sensível às causas que envolvem a saúde da população. “Dessa forma, seria impossível não participar de uma campanha tão importante, com causas tão nobres como essas”, acrescenta.

Diabetes

Quanto à diabetes, a Prefeitura de Teresina quer enfatizar os cuidados relativos ao pé diabético, que é uma das complicações mais comuns nos pacientes diabéticos, sendo o resultado final de um conjunto de alterações que o diabetes provoca nos membros inferiores, incluindo lesões nos nervos, alterações na circulação arterial, redução da imunidade e alterações na anatomia dos ossos do pé.

Próstata

O câncer de próstata é o tumor mais comum entre homens com mais de 50 anos. A Sociedade Brasileira de Urologia mantém sua recomendação de que homens, a partir dessa idade, devem procurar um profissional especializado, para avaliação individualizada. Homens negros ou com parentes de primeiro grau com câncer de próstata devem começar aos 45 anos, devido à maior incidência.

De acordo com as estatísticas, um em cada seis homens desenvolverá câncer de próstata no decorrer da vida. No entanto, somente um homem em cada 35 morrerá da doença, pois os tratamentos precoces resultam em grandes chances de recuperação total.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias