Confira Cuidados: Casos de diarreia sobem 34% em Teresina

No Piauí, até outubro deste ano foram contabilizados 91.185 casos, um aumento de 9%
Redação PI24h Redação PI24h

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) alerta à população do Piauí para os cuidados necessários para a prevenção da diarreia, que tem apresentando aumento número de casos no Estado.

De acordo com a Coordenação de Epidemiologia da Sesapi, até outubro deste ano, foram contabilizados 91.185 casos, um aumento de 9% em relação ao mesmo período do ano passado, que registrou 83.054 casos. A maioria foi notificada em Teresina, que apresentou 36.655 casos, 34% a mais do que no ano passado, quando foram contabilizados 27.368 ocorrências da doença na capital do Piauí.

Segundo a Sesapi, a doença acomete principalmente crianças de um a quatro anos de idade. “Estamos atentos às notificações de várias doenças e esse aumento, em Teresina, de diarreias, principalmente em crianças, nessa faixa etária que contabilizou 6.460 casos, nos deixou em alerta. Também queremos lembrar aos municípios que não estão notificando essas doenças nos sistemas de agravos, sobre a importância de alimentar esses dados, para que a secretaria conheça a realidade como um todo para poder montar estratégias”, destacou Amélia Costa, coordenadora de Epidemiologia da Sesapi.

A doença pode ser causada por diferentes microrganismos infecciosos (bactérias, vírus e outros parasitas, como os protozoários) que geram a gastroenterite – inflamação do trato gastrointestinal – e afeta o estômago e o intestino.

“A infecção é causada pelo consumo de água e alimentos contaminados, contato com objetos contaminados e também pode ocorrer pelo contato com outras pessoas, por meio de mãos contaminadas, e até mesmo no contato entre pessoas com animais contaminados. E este período de seca e de forte calor, nos lembra que precisamos tomar mais cuidado com a água ingerida, que deve passar pelos tratamentos necessários para evitar a contaminação, além de ser muito importante a limpeza adequada dos alimentos e das mãos”, reforçou a coordenadora Amélia Costa.

Cuidados

Para evitar as diarreias é importante seguir algumas orientações como: Beber somente água tratada, filtrada ou fervida; Beber bastante líquido, principalmente nos dias mais quentes; Manter os depósitos de água sempre fechados e fazer limpeza regularmente; Manter a higiene da casa, pessoal e dos utensílios de mesa e fogão.

E ainda lavar as mãos com água e sabão antes de preparar os alimentos, antes de amamentar, após a troca de fraldas de crianças ou após usar o banheiro; Proteger os alimentos de moscas, baratas e ratos; Lavar cuidadosamente as verduras e frutas.

Os parasitas causadores da diarreia são comuns em locais com condições precárias de higiene sanitária. Entre as complicações da doença, desidratação, desnutrição crônica, retardo do desenvolvimento do peso e estatura; retardo do desenvolvimento intelectual e até mesmo a morte. Em caso de desidratação é necessário procurar a unidade de saúde mais próxima para atendimento médico.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias