Engenheira é perseguida e agredida por namorado no Piauí

Mulher foi perseguida e agredida pelo namorado em Pedro II
Redação PI24h Redação PI24h

A engenheira Danielle Barroso, 25, foi agredida e ameaçada pelo namorado Valdevan Furtado dos Santos, 34, no município de Pedro II, a 204 km de Teresina. Ele foi preso em flagrante na madrugada desta segunda-feira, dia 17. Em um vídeo publicado nas redes sociais, a engenheira contou que uma discussão começou, na presença de uma amiga, em uma lanchonete em Pedro II.


“Quando eu me levantei para me retirar da mesa, ele veio atrás de mim e minha amiga estava comigo tentando me defender e a cada vez que ela tentava me defender, ele agredia ela também com empurrão, tapa, apontando a arma para ela, da mesma forma comigo, empurrou e me deu tapa”, disse Danielle.

“Ele mordeu minha bochecha e depois disso, para evitar uma confusão maior, eu me retirei e tentando preservar a imagem e integridade física da minha amiga, entrei no meu carro, no banco do passageiro com ele e ele sai dirigindo”, completou Danielle.

A mulher contou que o namorado simulou um acidente de carro para tentar mascarar as agressões. “Ele bateu meu carro, que deu perda total, a parte da frente ficou destruída e ele jogou o carro de propósito para que ele pudesse dizer que os hematomas tinham sido causados pelo acidente”, afirmou Danielle.

A engenheira disse que após a batida tentou fugir, conseguiu entrar em uma casa, mas foi alcançada e arrastada pelos cabelos por Valdevan Furtado. Segundo a vítima, o agressor bloqueou o celular dela, digitando a senha errada várias vezes, e por 15 minutos ela não conseguiu pedir ajuda. “No momento em que eu consegui avisar onde estava, a minha amiga chegou e eu subi na motocicleta de um motoboy”, disse Danielle.

A engenheira se refugiou no Hospital Josefina Getirana Netta se escondendo dentro da enfermaria. “Ele entrou na enfermaria onde eu estava, mas eu consegui correr e fui para perto do necrotério, depois a polícia chegou”, contou Danielle.

Ela registrou boletim de ocorrência e conseguiu uma medida protetiva contra Valdevan Furtado. Segundo o delegado Júlio Campelo, titular da Delegacia de Pedro II, o suspeito foi encaminhado para audiência de custódia na manhã de terça-feira, dia 18.

O delegado representou pela prisão preventiva do suspeito, e o Ministério Público se manifestou favorável. Ele está à disposição da Justiça. Em nota, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) repudiou a agressão sofrida por Danielle Barroso.

Compartilhar
Compartilhar:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias