Governador visita obras de reforma da UPA de Picos

A obra está com 95% de execução e investimentos de R$ 3.479.718,52.
Redação PI24h Redação PI24h
  • A reforma foi completa em todas as instalações da UPA
  • A UPA ainda tem refeitório, almoxarifado, repouso de funcionários
  • Quase 600 mil pessoas da região recorrem aos serviços de saúde pública da cidade

O governador Rafael Fonteles esteve, neste sábado (24), na cidade de Picos, sul do estado, onde visitou as instalações da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, que passa por reforma geral, com substituição da cobertura, piso, revestimentos, instalações (elétrica, hidráulica e sanitária), instalação de gases medicinais, subestação, grupo gerador e urbanização geral. A obra, realizada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), está em fase de conclusão, com 95% de execução e investimentos de R$ 3.479.718,52.

Rafael Fonteles disse que o principal anseio da população de Picos é a melhoria do serviço de saúde pública, sendo que mais de 80% das pessoas da região utilizam o Sistema Único de Saúde (SUS). Deste modo, quase 600 mil pessoas da região recorrem aos serviços de saúde pública da cidade, que precisa de uma ampliação e de uma requalificação das estruturas hospitalares, o que está sendo realizado pelo Governo do Piauí.

Segundo Rafael Fonteles, a UPA, na verdade, vai ser o Hospital de Urgência de Picos, semelhante ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT). A unidade foi totalmente revitalizada e será inaugurada em 30 dias, com capacidade de atender a urgência e emergência adulta, com a possibilidade de receber mais de 100 pessoas por dia. “O paciente, que já vem politraumatizado numa ambulância, já chega na lateral aqui deste hospital para ir direto para a sala vermelha que é uma sala praticamente equivalente a uma UTI”, ressaltou o gestor.

O superintendente de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Dirceu Campelo, explicou ainda que a reforma foi completa em todas as instalações da UPA e que na próxima semana será concluída a parte de instalação de rede de gases. Segundo ele, a unidade terá mais quarenta leitos, distribuídos em leitos de observação, de curativos, suturas, além de leitos de sala vermelha. O superintendente destacou também que a UPA ainda tem refeitório, almoxarifado, repouso de funcionários e coleta de exames laboratoriais, além de outros serviços, tudo isso para melhorar o atendimento da população.

O supervisor de enfermagem do Hospital Justino Luz, Edilberto da Silva Lima, informou que tudo está sendo feito conforme planejado em termos de quantidade de leitos. “Teremos acréscimo nessa unidade leitos de sala vermelha e 16 leitos de observação, sendo esses masculinos e femininos, e entre eles dois leitos de isolamento para os pacientes, bem como salas de observações, de medicação e procedimentos”, frisou.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias