Importunação

Morte de apicultor de 62 anos provoca comoção no Piauí

Climério chegou a ser socorrido, mas morreu em hospital em Monsenhor Hipólito
Redação PI24h Redação PI24h
  • Climério morreu após passar mal e dar entrada no hospital de Monsenhor Hipólito
  • Ele era apicultor a 32 anos começando a produção de mel em 1992
  • A morte do produtor gerou comoção em Monsenhor Hipólito, na região de Picos

O apicultor Climério Luiz de Sá, 62, morreu na tarde desta quinta-feira, dia 04, no município de Monsenhor Hipólito, a 378 km de Teresina, na região de Picos.

Segundo familiares, o apicultor foi sozinho a uma propriedade rural a cerca de 8 km da sede do município alimentar o gado com ração. No local, se sentiu mal, mas conseguiu voltar para casa dirigindo o carro em Monsenhor Hipólito.

Ao chegar em casa, o estado de saúde piorou e o apicultor foi levado para o hospital da cidade, mas não resistiu e morreu. As informações são do Cidades na Net.

Climério era apicultor a 32 anos começando a produção de mel em 1992. A morte do produtor gerou comoção em Monsenhor Hipólito. Em nota, a Cooperativa Apícola da Macrorregião de Picos (Campil) lamentou a morte do apicultor de Monsenhor Hipólito.

“Que em sua nova morada seja alegre como sempre foi aqui na terra. Descanse em paz”, destacou a Campil. O corpo está sendo velado na residência do produtor em Monsenhor Hipólito.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias