Caso Evelyn: Réu é condenado a 21 anos de prisão no Piauí

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

O réu Joab dos Santos Campos, foi condenado a 21 anos de prisão pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil, utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima e feminicídio em sessão do Tribunal do Júri realizada na última quarta-feira, dia 01, no município de Paulistana, a 470 km de Teresina. O crime ocorreu na madrugada do dia 29 agosto de 2020.

De acordo com a denúncia do Ministério Público do Estado do Piauí (MP-PI), Joab Campos foi até a casa da companheira Évellin Pedrosa Rodrigues portando um machado. O réu agrediu a mulher, que tentou se defender com uma faca. Após fazê-la desmaiar, Joab pegou a faca e desferiu três golpes na jovem.

O Conselho de Sentença acolheu integralmente a tese sustentada pelo MP-PI. O réu foi condenado a 21 anos de reclusão em regime inicial fechado.

Na primeira fase do processo, atuou o promotor Raimundo Nonato Ribeiro Martins Júnior. No plenário do Tribunal do Júri, o MP-PI foi representado pelo coordenador do Grupo de Apoio aos Promotores de Justiça com Atuação no Tribunal do Júri (Gaej), Márcio Giorgi Carcará Rocha. A sessão foi presidida pelo juiz de Direito Denis Deangelis Brito Varela.

Share This Article
Compartilhar:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias